Porto Seguro, BA, 45810-000, Brasil

VOCÊ RÓI UNHA? APRENDA 7 DICAS PARA ABANDONAR ESSE HÁBITO + FREEBIE

VOCÊ RÓI UNHA? APRENDA 7 DICAS PARA ABANDONAR ESSE HÁBITO + FREEBIE
IMAGEM - CANVA

Hey Fitbela! Roer as unhas é uma mania muito comum em crianças, porém muitas mulheres carregam esse terrível hábito. 
Roer unha é algo muito mais sério do que muitos imaginam, um hábito ruim que vai além da aparência e da estética, uma mania que pode trazer consequências negativas à saúde. 


"Nunca fui de roer unha, mas confesso que existem fases, que não me controlo e se não estiver seguindo os passos certos para não roê-las, lá se vão minhas unhas embora!"

Saiba mais sobre roer unha.

Roeção de unhas ou onicofagia, são os termos técnicos para diagnosticar o ato de roer as unhas das mãos ou dos pés, durante momentos de stress, nervosismo, ansiedade, preocupação, ou em sinal de desordem mental ou emocional.
                                                                                                    Fonte: Wikipédia


Consequências de roer unha



  • Transporte de germens e bactérias: Nossas mãos estão ativamente em contato com vários germes, patógenos que tendem a se esconder em baixo das unhas.


Uma pessoa que rói unha, não lembra de lavar as mãos toda vez que pensa em pôr as unhas na boca, na verdade, nem percebe o ato, que já virou um hábito, sendo assim, junto com a unha, os gérmens vão diretamente para a boca.



  • Romper a pele do dedo: Quando o hábito vira um vício, uma compulsão, além de roer as unhas a tendência é roer a pele e a cutícula que fica em volta da unha, rompendo a pele e causando um ferimento, que fica exposto a todos os gérmens e bactérias que estão ali no dedo.




  • Sentir dificuldade para realizar determinadas atividades: Uma compulsão, roer as unhas a ponto de não ter mais unha e começar a roer o dedo, tornará coisas simples como desenhar, escrever, digitar, entre outras atividades, difícil de executar e doloroso.





  • Desgaste do esmalte dos dentes: Os dentes incisivos, os mais usados para roer as unhas, também serão afetados e devido ao atrito excessivo terá o esmalte desgastado, deixando os mesmos mais sensíveis a cáries.




  • Maior possibilidade de adquirir um problema gastrointestinal: Além de roer, muitas pessoas possuem outro hábito, engolir os pedacinhos de unhas roídas, o ato aumenta a chance de ocorrer pequenas lesões no estomago e no intestino, causando problemas gastrointestinais, como gastrites e gastroenterites.

  • Deformação: Esteticamente falando, roer compulsivamente pode deixar não só as unhas deformadas, como também os dedos e a pele ao redor, algo que pode ser muito constrangedor, principalmente por ser nas mãos.

Como parar de roer as unhas?

1- Reconhecer os malefícios
Primeiro é preciso reconhecer que você tem um habito ruim e que esse costume pode acarretar vários danos a sua saúde.

2- Desejar uma mudança de hábito.
Abandonar um hábito tão vicioso pode ser difícil e para isso é preciso desejar, querer que a mudança aconteça.

3- Crie um diário para acompanhar seu progresso.  
(OU BAIXE O NOSSO DIÁRIO!)


COMO PARAR DE ROER UNHA

Comece anotando o dia que começou e estipule uma data para parar de 
roer as unhas de uma vez por todas (se não conseguir, não desista e comece novamente), se possível coloque uma foto e faça anotações sobre como está sendo o dia a dia.


FAÇA O DOWNLOAD NO FINAL DO POST!

Para acabar com o hábito de ROER UNHAS de uma vez por todas

4- Mantenha as unhas feitas e de preferência pintadas
Crie o costume de fazer as unhas semanalmente e deixa-las bonitas será um estimulo maior para evitar roer as unhas.

5- Mantenha as unhas sempre cortadas e curtas
Durante o processo para abandonar esse vicio é muito legal deixar as unhas mais curtas, o que vai evitar que as pontas fiquem ali para serem roídas.

6- Usar esmaltes especiais
Existem no mercado esmaltes amargos que podem ser usados a partir dos 4 anos de idade, o gosto amargo faz com as unhas sejam retiradas da boca imediatamente.

7- Tenha sempre algo para pôr na boca
Ter em mãos uma bala, um chiclete, frutas cristalizadas ou qualquer outra coisa que possa ser mordida ao invés das unhas nos momentos de tensão é outro passo importante.



Roer as unhas é um hábito negativo que precisa ser contido o mais sedo possível, as crianças passam a roer as unhas em média, a partir dos 4 anos de idade, seja por ver alguém roendo, ou por impulsos próprios, a tendência é que esse habito seja abandonado na adolescência, mas muitas pessoas o carregam na fase adulta, como forma de aliviar estresses emocionais ou mentais.


O ato de roer as unhas não é saudável e é muito nojento, então se você tem esse hábito comece hoje mesmo a pôr em pratica essas dicas, aqui em baixo vou deixar um mini diário para você imprimir e fazer o seu acompanhamento, mas esse acompanhamento pode ser feito em qualquer caderno ou papel, o mais importante é você parar o mais rápido possível de roer as unhas.



  • Como é possível perceber, roer as unhas está ligado a stress e ansiedade, por isso, em casos extremos de onicofagia um especialista precisa ser consultado, então procure o auxílio de um psicólogo (a).



📥📥📥📥📥
 CLIQUE AQUI PARA BAIXAR O SEU DIÁRIO DE ACOMPANHAMENTO


Agora que você vai abandonar o hábito de roer unhas precisa conhecer os segredos para ter unhas fortes e saudáveis!

Acompanhe outras dicas nas redes sociais!

      Pinterest Fit e Bela Blog | Instagram @fitebelablog | Facebook @fitebelablog

Comentários

Leia a seguir...

Redes sociais: Frases para compartilhar
Hey fitbela(o), tudo bom com você? Eu espero muito que sim, o post hoje está M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O…
Desafio 90 dias Luminus Hair - primeiro mês
Hey belas e belos, já se passaram um mês desde o inicio do desafio 90 dias Luminus Hair e hoje eu …
Cacheadas: 10 segredos de uma cacheada
Hey Fitbela, hoje você vai descobrir 10 segredos de uma cacheada e já vou logo avisando que esse p…
Capa para stories do Instagram + Download grátis
Hey Fitbela(o)! Você gosta de deixar o Instagram arrumadinho??? Eu amoooo.E agora da pra colocar c…
Voltar ao topo